Dominação Distópica

Links das resenhas, artigos e sorteios da ação

Manifesto Distópico

Algumas ações nos Jogos foram Vorazes…
Não existe mais Capitol!
Alguns distritos saíram do jogo…
Passamos por um período Em Chamas,
Perdemos algo no meio caminho?
Talvez. Mas não a honra. Nem, é claro, A Esperança.
A Dominação Distópica continua
Com os Tributos/Distritos remanescentes!

Não nos ensinam o que é distopia nas escolas, ao menos, não na maioria das escolas. Eles não querem que vocês saibam. E você pode acabar vivendo em uma, ou em uma Sociedade já com elementos distópicos, que usaram 1984, infelizmente, como guia do que fazer. Sem saber, você pode viver em constantes situações similantes às do universo de The Hunger Games (Jogos Vorazes), ou nunca notarem os súbitos aumentos de preço em “distritos” mais pobres… ah, espera! Isso foi mostrado também em In Time (O Preço do Amanhã) – e quem não diz e não sabe hoje que tempo é realmente quase sinônimo de dinheiro? Como em Daybreakers, seu café pode conter menos… café, seu chocolate… menos chocolate, e assim vai. Se você leu Emergência, sabe que não é paranóico… quando está certo!

Nosso projeto tem a intenção de mostrar a vocês, por meio de resenhas, artigos e, por que não, sorteios (porque aí vocês terão ainda mais chances de aprenderem mais coisas, caso seus nomes sejam escolhidos como tributos, digo, vencedores) e, sem Capitol e sem alguns Distritos, nós, Tributos Sobreviventes, vamos seguir em frente.

Já tentaram calar as bocas das pessoas na época da Ditadura no Brasil… várias foram caladas, por meio de tortura, morte, ameaças… ignorar a distopia é viver dentro de uma bolha, e não queremos isso para vocês. Nem para nós mesmos. Por isso, além do que já sabemos, estamos indo atrás de mais informações, para repassá-las a vocês.

Será que Magneto estava certo? A paz nunca foi uma opção. Ou seria como diz Odin “um verdadeiro rei nunca tem como objetivo a guerra, mas deve estar sempre preparado para ela”? A verdadeira paz é utópica, mas temos que tentar chegar o mais próximo dela.

Você pode fazer seu Destino, por meio de sua Travessia, em vez de apenas servir ao Grande Irmão. As câmeras de vigilância estão por toda parte, você é vigiado na Internet e fora dela. Já quase não existe muita distinção entre a Matrix e o chamado “mundo real”.

A título de “curiosidade”, 2 séries distópicas da FOX (Firefly e Dollhouse) foram canceladas… ambas de Joss Whedon, e uma está sob ameaça de extinção: Fringe. Mas, ao mesmo tempo, filmes como a adaptação de The Hunger Games e, ainda melhor, a volta de Joss Whedon, que não se cala, só que aos cinemas, com o também distópico The Avengers, nesse ano, deixa bem claro que as informações estão aí e, embora tentem abafar quem as expõe, elas serão expostas.

killswitchthefilm.com

Contra o Grande Irmão, mesmo que tudo comece com um Pequeno Irmão, cada informação plantada é uma semente que pode ser germinada. Passem adiante, Nas sombras, ou não, essas informações. Porque esse Abominável Mundo Perfeito que eles querem criar não pode ser um experimento que dê certo, não podemos ficar cegos, isso não pode ser um Ensaio sobre a Cegueira. Devemos manter os olhos abertos. Alertas. Pois um dia, você pode acordar, e seu mundo não será mais o mesmo. Foi assim com a Ditadura no Brasil.

Sentir não é um defeito, como condenavam em Equilibrium. Sinta, pense, aja. Lute! … mesmo que você não possa salvar o mundo, você pode mudar o seu mundo, o seu microverso, e é assim que se faz uma revolução das mentes. A Polícia das Ideias pode vir atrás de nós, não se deixem enganar… eles podem dizer que “isso é para o seu bem”. Livros de história já foram alterados. E quem controla o passado, controla o futuro. Mas nós, e não digo nós apenas os tributos sobreviventes da Dominação Distópica, e sim, nós, indivíduos, podemos escrever nosso futuro… só esperemos que jamais tenha de ser derramado sangue no processo como a história nos mostrou… Até a letra cursiva querem tirar de nossas crianças, estão tão longe da nossa realidade os mundos distópicos retratados nos novos (e antigos) romances distópicos? Estão mesmo? É triste, mas é verdade. Não estão.

Por trás dos romances nos novos distópicos (a terceira onda dos distópicos, pois cada “onda” retratava uma época), as mensagens realmente distópicas são transmitidas: é só prestar atenção nelas. Caetano Veloso, entre outros, passava suas mensagens alertando as pessoas por meio suas músicas. Agora, temos os livros. Relativamente acessíveis! E ainda não os queimam em fogueiras, ao menos, não ainda, não aqui no Brasil, e se o fazem, em alguns lares, não é em praça pública! {Embora até 1950, a Igreja ainda tivesse – e deve ainda ter… – uma lista “oficial” de livros proibidos…}

Poderíamos falar muito mais do que isso aqui, mas acreditamos que seja o suficiente, ao menos por enquanto.

Não se deixem abalar! Informem-se, pois INFORMAÇÃO É PODER!

Reuniremos todos os links para artigos, resenhas e/ou sorteios com o tema dos Distritos sobreviventes, que ainda participam da Dominação Distópica, nesse hotsite, para que vocês os encontrem com mais facilidade.

Manifesto redigido por: Ana Catnip Kirk, a.k.a, uma dos dois tributos remanescentes do Distrito 5.

Veja aqui o cronograma da ação e os Distritos que ainda sobrevivem.

Anúncios

2 comentários em “Manifesto Distópico

  1. Adorei. Bem verdade isso. Você dorme numa noite, e quando acorda, passa a ser controlado e enjaulado em um mundo que nunca pensou poder existir. É isso aí, vamos espalhar cada semente e vamos fazer dos jovens dessa geração, os senhores do futuro!

  2. Pingback: Who's thanny? » Blog Archive » Hotsite da Dominação Distópica!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Distrito destaque do mês

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

%d blogueiros gostam disto: